Skip directly to content

Laços com a cognição! Avaliação Neuropsicológica

Renata Tibúrcio

Laços com a Cognição

Projeto de Avalição Neuropsicológica

 

INTRODUÇÃO

A Terapia Cognitiva é um processo de terapia comprovadamente eficaz. Além de trabalhar com a reestruturação do individuo nas suas diversas formas de pensar, ela também proporciona mais elementos em termos de métodos de solução de problemas (Ragone, 2009). A frase do filósofo Epitectus define bem os pressupostos da Terapia Cognitiva: “o que perturba o ser humano não são os fatos, mas a interpretação que ele faz dos fatos”. E através dessas interpretações é que vamos gerar nossas respostas emocionais e comportamentais. 

Apesar de ainda guardar grandes mistérios, hoje já se sabe que nosso cérebro, comportamentos e emoções estão intimamente relacionados. Vários estudos afirmam que alterações na área cerebral podem influenciar tanto nossas capacidades cognitivas como o comportamento social e afetivo. Juntar, então os conhecimentos da Terapia Cognitiva com o que já se sabe sobre o cérebro será de grande valia para melhorar a qualidade e velocidade do tratamento de alguns casos que procuram ajuda clínica.

Pensando nisto a clínica de psicologia PQR irá disponibilizar o serviçode Avaliação Neuropsicológica.  A Neuropsicologia é uma disciplina científica que estuda as relações entre cérebro, o comportamento e a cognição. Tendo em vista a complexidade de seu objeto de estudo, a Neuropsicologia é uma área necessariamente interdisciplinar, contando com a contribuição de vários campos de conhecimento. (Diniz, Fuentes e Mattos, 2010)

 Com isso, pretendemos fazer uma investigação mais detalhada das queixas que frequentemente nos aparecem. É comum ouvirmos frases como: “Tenho um aluno que perturba frequentemente a sala de aula, ele não para sentado”; “meu filho não presta atenção na hora de fazer o Para casa, mas para jogar vídeo game ele nem pisca”; “não entendo essa menina, ela é tão inteligente, mas a leitura dela não evolui”; ‘’não sei mais o que fazer com meu filho, já tentei de tudo, mas ele não me obedece’’.

Através do nosso projeto de Avaliação Neuropsicológica iremos investigar mais a fundoalguns comportamentos, ligados principalmente a problemas na aprendizagem, dificuldade de memorização, agitação, desatenção, desmotivação, ansiedade, entre outros.

Tendo esse foco à avalição neuropsicológica permitirá traçar o perfil cognitivo e comportamental do sujeito e com isso possibilitar uma intervenção mais adequada e eficaz.

 

PROPOSTA

 

O que a neuropsicológica avalia?

Inteligência, destreza manual, processamento visioespacial, linguagem, funções executivas (planejamento, memória operacional, monitoramento e atenção), desempenho escolar, personalidade e comportamento.

 

Porque utilizar os conhecimentos da neuropsicológica?

A avaliação neuropsicológica tem como diferencial, caracterizar a dificuldade do sujeito, além de avaliar seu potencial cognitivo. O que é uma ferramenta útil para o planejamento da intervenção. Realizado o exame é possível oferecer orientações profissionais adequadas e, desta forma, equilibrar as dificuldades apresentadas.  

 

Como será realizada a avaliação neuropsicológica?

Podem ser necessárias até 8 sessões de 50 a 60 minutos:

·         A primeira sessão é destinada a realização da história clínica, parte fundamental da avaliação neuropsicológica.

·         A seguir, serão realizadas sessões de testagem com o paciente.

·          Alguns dias para interpretação dos resultados e preparo do relatório.

·         E, por fim, a entrevista de devolução dos resultados.

 

Qual o material usado?

Entrevista clinica, questionários comportamentais, testes psicológicos e neuropsicológicos.

 

Referências

Diniz, L.F. M; Fuentes, D.; Mattos, P. Avaliação Neuropsicológica. Porto Alegre 2010

Ragone, P.Q. Laços – Contribuição da terapia cognitiva para as relações familiares. 2009