Skip directly to content

Laços com o futuro! Orientação Vocacional.

Ana Rodrigues

 

PQR – Laços com o Futuro: Projeto de Orientação Profissional

 

Introdução

O projeto “Laços” vem sendo desenvolvido pela PQR- Clínica de Psicologia desde 2009 e conta com subprojetos em diversas áreas. Dentre eles, o projeto “Laços com o futuro”, que aborda a questão da escolha profissional.

O presente texto é uma descrição das linhas de intervenção desenvolvidas com indivíduos que vivenciam a questão vocacional. O projeto tem o objetivo de proporcionar experiências para desenvolver a autodeterminação dos sujeitos e o alcance de uma escolha responsável e consciente. O público-alvo deste serviço consistirá em indivíduos que se encontram na adolescência, principalmente aqueles que estão cursando o Ensino Médio, e/ou jovens adultos que necessitam se reorientar e/ou incrementar a sua trajetória profissional.

 

Formato

O serviço de orientação profissional oferecido pela PQR acontece em quatro modalidades distintas. São elas:

 

a)    Curso

Essa modalidade é uma intervenção de nível informacional. Trata de informações a respeito do processo de escolha profissional que instrumentalizam aquele que escolhe. Apesar do caráter informacional, ela também tem como objetivo levar o indivíduo a algumas reflexões críticas.

a.1) Duração:Três encontros com carga horária de 2:30h.

a.2) Descrição:Os encontros acontecem na clínica ou em um espaço oferecido pela escola. Cada turma tem no máximo 20 jovens. São palestras expositivas com espaço para perguntas e comentários.

a.3) Conteúdo:

1º Encontro: O primeiro momento buscará aliviar a ansiedade inicial vivenciada por aqueles que se deparam com a necessidade de escolher algo importante em um curto período de tempo. Nele, será mostrado que a ansiedade é natural, que a emoção faz parte, e se for manejada de maneira saudável – de modo a levar o jovem a movimentar-se em busca de um amadurecimento de sua decisão – é muito bem-vinda. A segunda parte conterá informações sobre o processo de escolha, de acordo com Schwartz (2007), em “O Paradoxo da Escolha”, e levará os jovens a refletirem sobre como lidar com suas escolhas (desde as pequenas até as grandes).

2º Encontro: Primeiro, será retomado o que foi dito sobre escolha profissional no encontro anterior. Em seguida, o tema será aprofundado por meio da abordagem dos seguintes tópicos:

- A maturidade para escolher.

- O desenvolvimento da escolha.

- Influências na escolha (incluindo família).

- Competência + Interesse.

Em seguida, são explicados os aspectos envolvidos na escolha profissional. Primeiramente, são abordados os elementos significativos do autoconhecimento (interesses, habilidades, características pessoais, entre outros). Também são oferecidas informações sobre diversos recursos e caminhos para a obtenção de informação profissional, como sites e entrevistas, e o tipo de informação a ser buscada (como atividades, rotina, ambiente, mercado de trabalho, cursos etc.). Todos recebem uma lista com os recursos possíveis.

Por fim, os jovens conhecem o conceito de projeto de vida e os aspectos envolvidos em sua construção.

3º Encontro: A primeira parte aborda as diversas crenças disfuncionais: o que são, como são construídas e como podem interferir no processo de escolha (por exemplo: “o mercado está saturado”, “músico não ganha dinheiro”, “não sou criativo”, etc). Neste momento também são exemplificados os tipos de erros de pensamento a partir de temas da escolha profissional.

Em seguida, acontece um momento para apaziguar a ansiedade final daquele que ainda não decidiu, do que tem “medo” dos efeitos da sua escolha e do que não está certo sobre sua decisão. Também serão fornecidas orientações básicas para o vestibular.

Por fim, acontece uma rápida apresentação sobre a intervenção aprofundada na PQR (técnicas, testes, entrevistas, características e objetivos do processo). Dessa forma, aqueles que se interessarem e que julgarem necessário, poderão buscar esse tipo de orientação.

 

b)    Intervenção Aprofundada

Essa modalidade é oferecida no formato clássico da Orientação Profissional. Aqueles que não fizeram o curso também podem participar desta modalidade e receberão textos contendo algumas informações oferecidas no curso.

b.1) Duração:Em média oito encontros com 1h de duração.

b.2) Descrição:Sessões individuais na clínica.

b.3) Conteúdo:Primeiramente, é realizada uma entrevista diagnóstica e a aplicação da EMEP (Escala de Maturidade Para Escolha Profissional), além de uma avaliação emocional. Durante o processo, são aplicadas as mais diversas técnicas e testes (tais como testes de capacidades específicas, de levantamento de interesses, de perfil psicológico e técnicas de autoconhecimento e busca de informações profissionais). O jovem leva algumas tarefas de casa e o conteúdo das mesmas será específico para cada caso de acordo com o que for observado nas sessões iniciais. Se o jovem manifestar interesse, o tema da preparação para o vestibular também pode ser adotado. Por fim, haverá a devolução do processo.

 

c) Orientação Profissional em grupo

Essa modalidade é oferecida para grupos de jovens que têm em comum a vivência da problemática vocacional. O processo em grupo conta com algumas vantagens, como a influência recíproca que os membros exercem entre si.

c.1) Duração: Em média oito encontros com 2h de duração.

c.2) Descrição: Os encontros acontecem na clínica ou em um espaço oferecido pela escola. Cada turma tem no máximo dez jovens. São realizadas intervenções no nível informacional e no nível vivencial, através das atividades, dinâmicas e técnicas reconhecidamente desenvolvidas no campo da orientação profissional.

c.3) Conteúdo: Nos primeiros encontros são realizadas atividades, dinâmicas, discussões e técnicas que abordam o tema do autoconhecimento (conhecimento da história de vida, interesses, características, capacidades, influências, etc). Em seguida, os encontros abordam o tema da informação sobre a realidade profissional (tais como a realidade dos cursos, mercado de trabalho, atividades e áreas de atuação, etc) e são utilizados recursos de busca de informações. Posteriormente, é feita a conclusão do processo em grupo e são realizadas entrevistas de devolução individuais. Se o grupo manifestar interesse, alguns encontros também são destinados à preparação para o vestibular. O número de encontros que abordará cada tema dependerá dos interesses e necessidades de cada grupo.

 

d) Sessão individual avulsa

Trata-se de uma modalidade de orientação breve, para aqueles jovens que possuem uma dúvida específica ou que não possuem disponibilidade para participar de processos mais longos.

            d.1) Duração: uma sessão com 1h de duração.

d.2) Descrição: a sessão é realizada individualmente em um espaço oferecido pela escola e/ou clínica. Os alunos interessados podem agendar a sessão em um turno específico, no qual uma das psicólogas da clínica estará disponível para atendimento (por exemplo, nos turnos em que não há aula ou intervalos).

d.3) Conteúdo: a sessão abordará o tema específico que o jovem demandar. Após o atendimento, o orientando pode ser encaminhado para o processo de orientação profissional, caso seja necessário. Nesta sessão, são fornecidas informações importantes sobre o processo de escolha e são trabalhadas as distorções cognitivas que podem influenciar na decisão do jovem.

 

e) Serviços relacionados

A clínica PQR também oferece oficinas de planejamento de estudos e oficinas de preparação para o vestibular, individualmente ou em grupos. Para maiores informações, favor entrar em contato.

 

Considerações finais

As diversas modalidades de serviço apresentadas acima são baseadas em instrumentos e conhecimentos científicos e modernos no campo da orientação profissional. Trata-se de uma proposta aberta a novos formatos e sugestões, de acordo com as necessidades e condições da escola. Caso haja interesse, encontramo-nos à disposição nos contatos abaixo.