Skip directly to content

Laços, contribuições da terapia cognitiva para as relações familiares

 

Em um tempo onde as pessoas buscam a melhor forma de se comportar diante de tantas mudanças de valores e de novos paradigmas sociais, o livro Laços esquematiza um conteúdo capaz de levar o leitor a encontrar múltiplos caminhos de como se relacionar e tornar a vida mais serena, equilibrada e organizada.

Patrícia toma a família como o núcleo principal de reflexão, um dos núcleos sociais que mais tem sofrido os efeitos de todos os conflitos contemporâneos, mas não perde de vista, em nenhum momento, as especificidades de cada faixa etária, de cada gênero, das diferentes composições familiares. De maneira simples e clara, ela associa um conteúdo teórico aos exemplos vividos em sua própria família e àqueles apreendidos dentro de sua clínica. O leitor se reconhecerá nos exemplos e poderá iniciar um processo cognitivo a partir desta leitura.

Organizado em oito capítulos, Laços apresenta no primeiro capítulo a fundamentação teórica do modelo cognitivo, à qual Patrícia se filiou ao se especializar em Terapia Cognitiva no Instituto de Terapia Cognitiva (ITC), em São Paulo. Nos capítulos seguintes, o leitor encontra temas como a influência dos pais sobre a base psicológica dos filhos, a comunicação familiar, o reconhecimento dos limites e das possibilidades de acertos e erros que cada um tem diante de si. Esta publicação lança luz à novas possibilidades de relacionamentos interpessoais e familiares.